Buscar

O que é ilustração científica?

A ilustração científica pode ser definida basicamente como uma área do conhecimento que mistura arte e ciência, buscando principalmente levar informações ao leitor de forma coesa e fiel à realidade, eliminando possíveis ambiguidades ou dificuldades de interpretação comuns em textos ou mesmo em fotografias. Portanto, a ilustração científica oferece uma forma simples e assertiva de se passar informações, complementando conteúdos escritos, verbais ou então sendo informativa por si só.


Embora em muitos casos a ilustração científica seja associada à biologia, é importante notar que ela pode ser utilizada em muitas áreas do conhecimento científico, como química, física, astronomia, geografia, medicina, paleontologia e outras, informando os mais diversos tipos de público.

Uma das categorias mais conhecidas de ilustração científica é a ilustração biológica - meu principal foco de trabalho - na qual os artistas representam em suas obras as mais variadas formas de seres vivos encontrados no planeta. Esse tipo de ilustração é utilizado principalmente em artigos e livros acadêmicos, teses de mestrado e doutorado, etc., mas também pode ser útil em livros didáticos de ensino básico ou em outros tipos de conteúdo, como guias ilustrados para observação e identificação de plantas, aves, borboletas, etc.


Além do aspecto informativo, a ilustração biológica, assim como a ilustração científica de maneira geral, possui um valor estético próprio, permitindo que ela seja comercializada e consumida como arte nas mais diversas formas.


Um dos tipos de ilustração científica mais comercializados é a ilustração naturalista, que pode ser considerada um tipo de ilustração biológica na qual os seres vivos, embora representados de maneira fiel à realidade, normalmente não acompanham alguma informação explícita, demonstrando apenas o ser vivo como encontrado na natureza ou então interagindo de algum modo com seu ambiente, como por exemplo uma ave pousada em uma de suas plantas favoritas para alimentação.


As ilustrações científicas podem ser realizadas em diferentes graus de complexidade, realismo e também se baseando em muitas técnicas, como por exemplo aquarela, guache, tinta acrílica, caneta esferográfica, lápis de cor, tinta nanquim, ilustração digital e também o grafite.



Características da ilustração científica

Uma das características mais importantes da ilustração científica é que ela seja fidedigna, isto é, represente o(s) objeto(s) ilustrado(s) da maneira mais fiel possível à realidade. Note que isso não significa que toda ilustração científica deva ser realista ou foto-realista. Ou seja, o principal intuito de uma ilustração científica não é produzir um desenho com perfeitas texturas e relações de luz e sombra, mas sim desenhos detalhadamente precisos em elementos como sua proporção, escala, número e posição de estruturas, etc.


Por essa razão, as ilustrações científicas sempre são baseadas em referências e estudos, sejam de fotografias ou de objetos reais. Por outro lado, também é muito comum que os ilustradores científicos tenham alguma formação acadêmica na mesma área de atuação que representam em suas obras. Eu, por exemplo, sou biólogo e tenho minhas ilustrações focadas para essa área.


"Mas eu preciso ser cientista para fazer ilustrações científicas?"


Ter uma formação acadêmica que te proporcione maiores conhecimentos sobre seus objetos de desenho (aves, plantas, insetos, moléculas, procedimentos cirúrgicos, etc.) é importante, mas não indispensável. É possível se tornar ilustrador científico treinando suas técnicas de desenho e aprendendo de maneira autodidata sobre os temas científicos.


Um bom exemplo é o desenho de aves. Qualquer pessoa pode desenhar aves, mas para que você consiga, do ponto de vista científico, desenhá-las da maneira mais correta possível, é importante conhecer a anatomia básica desses animais, seus comportamentos, etc., o que pode ser aprendido tanto em cursos superiores quanto de maneira independente.


Então, caso você queira se tornar um ilustrador científico, basta começar a estudar e desenhar!


123 visualizações1 comentário

Lucas Souza Bioarte. Todos os direitos reservados

lucas.souza.bioarte@gmail.com CNPJ 39.670.458/0001-93 Av. Nossa Senhora do Sabará, 960 - CEP 04686-001 São Paulo - SP 

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto